quarta-feira, 13 de novembro de 2013

O Estado é como uma árvore

                    http://1.bp.blogspot.com/-hntBY_9fCNE/UcIeCU-7AzI/AAAAAAAAWXA/5UVcM516xss/s1600/ng2612997.jpg
Caro concidadão, agora é a altura em que mais estamos perto da natureza, certamente já reparou na quantidade de bichinhos e parasitas que vivem no tronco e à sombra de uma frondosa árvore.
Também assim é equipararmos tão generosa e acolhedora árvore do Estado que temos, o qual alberga no seu tronco e ramagem numa enormíssima quantidade de vermes, são as hospedeiras de gorduras da nossa continuada desgraça coletiva, num sorvedouro de bens e riqueza difícil de aguentar.
Assim, temos fundações sem qualquer interesse coletivo; institutos sem a mínima serventia, a não ser para manter gentalha com nada de préstimo para contribuir para a sociedade; uma vez que a solidariedade social que prestam não é mais do que perpetuar as despesas que não beneficiam os verdadeiros necessitados, tal como existirem muitíssimas associações sem qualquer serventia pública, beneficiando apenas os responsáveis das mesmas.
Nuno Costa, Lamego

Sem comentários:

Enviar um comentário